Resenha Tudo e Todas as Coisas




Tudo e Todas as Coisas
Edição Especial com Fotos do Filme
Nicola Yoon
Arqueiro, 2017
Sinopse: A doença que eu tenho é rara e famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Não saio de casa. Não saí uma vez sequer em 17 anos. As únicas pessoas que eu vejo são minha mãe e minha enfermeira, Carla.
Então, um dia, um caminhão de mudança para na frente da casa ao lado. Eu olho pela janela e o vejo. Ele é alto, magro e está todo de preto: blusa, calça, jeans, tênis e um gorro que cobre o cabelo. Ele percebe que eu estou olhando e me encara. Seu nome é Olly.
Talvez não seja possível prever tudo, mas algumas coisas, sim. Por exemplo, vou me apaixonar por Olly. Isso é certo. E é quase certo que isso vai provocar uma catástrofe.


“Eu era feliz antes de conhecê-lo. Mas agora estou viva. São coisas diferentes.”


Tudo e Todas as coisas já estava há algum tempo na minha lista de desejados, a vida de Madeline é muito curiosa e ao mesmo triste. Por conta dessa doença misteriosa que lhe tirou tanto hoje ela vive enclausurada até que a chegada de Olly, seu novo vizinho, muda completamente o que ela espera da vida e mais fundamentalmente quem ela é.

Olly é o responsável pela mudança mais drástica de Madeline, ele faz com que ela deseje ver e viver o mundo, ele faz com que ela deseje correr riscos.


“Pela primeira vez em muito tempo, desejo mais do que aquilo que tenho.” p. 75


A trama é previsível, o casal de adolescentes vizinhos que se apaixona e tem que romper barreiras para poderem ficar juntos. Ok, você pode estar achando que é uma história boa, mas surpreenda-se! “Tudo e todas as coisas” tem uma mensagem muito bonita por trás de cada palavra. Às vezes nos prendemos nessas bolhas, por medo, por proteção ou por simples conforto, viver não é isso! Viver é assumir riscos, é estar em constante movimento, é descobrir todos dos dias algo que o motive. Mais do que ser um significado para a doença de Maddie “Tudo e todas as coisas” tem um outro significado para mim: cada pequena realização, cada pequena coisa é o seu tudo.

Eu adorei a trama, Nicola me viciou com seus personagens bem escritos e essa ressignificação para o conceito de viver, uma escrita fluida, delicada, humanizada. É o meu primeiro contato com a autora, mas não será o último, vou querer ler até a lista de compras dessa mulher.
Tiro o chapéu, aliás para a edição da Arqueiro, muito caprichada e adorei a composição de cores! A diagramação interna com os desejos, guias e e-mails de Maddie dão aquela impressão gostosa de fazer parte da trama, de compartilhar. Mais uma maravilhosa trama que ficará guardada na memória!

Arqueiro na Bienal



Galera que mês de Agosto curtinho foi esse? Passou tão rápido que eu nem vi! Daqui alguns dias já é setembro! E se é setembro quer dizer que tem... Bienal do Livro \o/.

O Rio de Janeiro se prepara para receber um dos eventos mais tops do mundo literário: autores, editoras e leitores estão em ritmo de festa! A minha querida parceira, Editora Arqueiro, já divulgou sua programação oficial para o evento e não poderia deixar de compartilhar! 


Arqueiro lança... Origem



Se você estava com saudade dos livros do Dan Brown não precisa mais ficar triste. A Arqueiro lança em outubro o mais novo sucesso do autor “Origem”, trazendo de volta ao cenário literário seu personagem mais famoso: Robert Langdon, em mais uma aventura alucinante!

Confira a sinopse:



Sinopse: DE ONDE VIEMOS? PARA ONDE VAMOS?
Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, chega ao ultramoderno Museu Guggenheim de Bilbao para assistir a uma apresentação sobre uma grande descoberta que promete “mudar para sempre o papel da ciência”.
O anfitrião da noite é o futurólogo bilionário Edmond Kirsch, de 40 anos, que se tornou conhecido mundialmente por suas previsões audaciosas e invenções de alta tecnologia. Um dos primeiros alunos de Langdon em Harvard, há 20 anos, agora ele está prestes a revelar uma incrível revolução no conhecimento… algo que vai responder a duas perguntas fundamentais da existência humana.
Os convidados ficam hipnotizados pela apresentação, mas Langdon logo percebe que ela será muito mais controversa do que poderia imaginar. De repente, a noite meticulosamente orquestrada se transforma em um caos, e a preciosa descoberta de Kirsch corre o risco de ser perdida para sempre.
Diante de uma ameaça iminente, Langdon tenta uma fuga desesperada de Bilbao ao lado de Ambra Vidal, a elegante diretora do museu que trabalhou na montagem do evento. Juntos seguem para Barcelona à procura de uma senha que ajudará a desvendar o segredo de Edmond Kirsch.
Em meio a fatos históricos ocultos e extremismo religioso, Robert e Ambra precisam escapar de um inimigo atormentado cujo poder de saber tudo parece emanar do Palácio Real da Espanha. Alguém que não hesitará diante de nada para silenciar o futurólogo.
Numa jornada marcada por obras de arte moderna e símbolos enigmáticos, os dois encontram pistas que vão deixá-los cara a cara com a chocante revelação de Kirsch… e com a verdade espantosa que ignoramos durante tanto tempo.


O livro já esta em pré venda na livraria Saraiva. Confira AQUI a oferta.

Resenha Entre o Amor e a Vingança




Entre o Amor e a Vingança
O Clube dos Canalhas # 1
Sarah MacLean
Gutenberg, 2015


Sinopse: O que um canalha quer, um canalha consegue...
Uma década atrás, o marquês de Bourne perdeu tudo o que possuía em uma mesa de jogo e foi expulso do lugar onde vivia com nada além de seu título. Agora, sócio da mais exclusiva casa de jogos de Londres, o frio e cruel Bourne quer vingança e vai fazer o que for preciso para recuperar sua herança, mesmo que para isso tenha que se casar com a perfeita e respeitável Lady Penélope Marbury.
Após um noivado rompido e vários pretendentes decepcionantes, Penélope ficou com pouco interesse em um casamento tranquilo e confortável, e passou a desejar algo mais em sua vida. Sua sorte é que seu novo marido, o marquês de Bourne, pode proporcionar a ela o acesso a um mundo inexplorado de prazeres.
Apesar de Bourne ser um príncipe do submundo de Londres, sua intenção é manter Penélope intocada por sua sede de vingança - o que parece ser um desafio cada vez maior, pois a esposa começa a mostrar seus próprios desejos e está disposta a apostar qualquer coisa por eles, até mesmo seu coração.


Na juventude, Michel foi enganado pelas cartas e pelo então homem de confiança de seu pai, o jogo de azar ao qual ele se propôs a jogar lhe tirou terras, prestigio e a ingenuidade. Dez anos depois, Michel, agora então marquês Bourne, desejando ainda mais vingança contra aquele que o destruiu uma vez não medirá esforços para derrotar esse homem que jogou-o na lama, bem como os seus ancestrais.

Se Bourne deseja vingança, Penélope deseja paz e sossego. A moça já é uma velha conhecida literária minha, uma vez que ela não conseguiu casar-se com o duque de Leighton e consequentemente foi julgada por isso. Apesar do ex noivo estar apaixonado por outra mulher, recaiu-se sobre os ombros de Penélope o título de mulher fraca, descompromissada com sua vida e sem atrativos para prender a atenção de um homem.

Quando Penélope se torna um meio para um fim, Bourne não mede as conseqüências para trazê-la para junto de si como esposa, mesmo que isso macule a imagem que a jovem tem dele e do futuro que sempre sonhou. 

A trama é bem clichê, o cara deseja vingança, a moça deseja amor, a trama gira em torno dessa redenção do canalha e tal, mas o diferencial é a escrita de Sarah, ela tem o dom de trabalhar todos esses clichês em uma trama única e interessante, cheia de emoções. A ambição de Penélope pela vida, por desejar ser mais do que o esperado é maravilhosa de ler, assim como essa sede de vingança de Bourne é explorada em uma nuance nua e crua, visceral, tanto que vivi a vontade de me vingar em igual proporção, esse ódio alimentado por tanto tempo ficou bem caracterizado com a trama, bem como senti toda a agonia de Penélope em ser mais, em viver mais.

Como livro introdutório da série o célere clube “Anjo Caído” e seus representantes começam a ser apresentados ao leitor, prometendo novas aventuras nos livros posteriores. Nesse já temos altas aventuras! Se esse for o padrão, ouso dizer que será a melhor série e Sarah!

Em suma, a trama de “Entre o amor e a vingança”, é bem escrito e elaborado, as cenas são minuciosas, dando todas as informações necessárias ao leitor para imaginar e vivenciar as cenas. O romance entre Michael e Penélope conquista e convence, tem todos os elementos que eu amo.

Duologia Agentes da Coroa, Julia Quinn



Oi gente! Foi divulgada a capa oficial do segundo livro da duologia “Agentes da Coroa” da querida Julia Quinn, o livro já vai ser lançado agora em setembro, mas ainda dá tempo de ter aquela ansiedadezinha pela trama. E eu que o diga! Tô doida pra ler, leiam a sinopse e apaixonem-se:



Sinopse: Elizabeth Hotchkiss precisa se casar com um homem rico, e bem rápido. Com três irmãos mais novos para sustentar, ela sabe que não lhe resta outra alternativa.
Então, quando encontra o livro Como se casar com um marquês na biblioteca de lady Danbury, para quem trabalha como dama de companhia, ela não pensa duas vezes: coloca o exemplar na bolsa e leva para casa.
Incentivada por uma das irmãs, Elizabeth decide encontrar um homem qualquer para praticar as técnicas ensinadas no pequeno manual.
É quando surge James Siddons, marquês de Riverdale e sobrinho de lady Danbury, que o convocou para salvá-la de um chantagista. Para realizar a investigação, ele finge ser outra pessoa. E o primeiro nome na sua lista de suspeitos é justamente... Elizabeth Hotchkiss.
Intrigado pela atraente jovem com o curioso livrinho de regras, James galantemente se oferece para ajudá-la a conseguir um marido, deixando-a praticar as técnicas com ele. Afinal, quanto mais tempo passar na companhia de Elizabeth, mais perto estará de descobrir se ela é culpada.
Mas quando o treinamento se torna perfeito demais, James decide que só há uma regra que vale a pena seguir: que Elizabeth se case com seu marquês.


Gente vocês repararam bem na sinopse? Virão quem vai dar o ar da graça na trama? Nada mais, nada menos que lady Danbury, aquela mesmo... dos Bridgertons, dos Smythe-Smith... a senhorinha mais desbocada de Londres! Eu quero só ver ela nessa trama! Curiosa/ imagina! Quero demais!!!! Com certeza, mais um sucesso!

Parceria de sucesso essa da Arqueiro e da Julia Quinn!
Confira a duologia:

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa